Desejado Outplay foi o vencedor do 50º Grande Prêmio Bento Magalhães


Desejado Outplay  | Foto: Karol Loureiro - Turfe Em Revista

Desejado Outplay, um macho, castanho, 5 anos, por First American (USA) e Desejada Free, foi o lídimo campeão do Grande Prêmio Bento Magalhães em sua 50ª edição, a qual foi repleta de atrações, a começar pela inédita iniciativa para o Nordeste de captação simultânea de imagens e apostas pelas Redes do Jockey Club de São Paulo e do Jockey Club Brasileiro/PMU Brasil.

 

Sobre o páreo, dada a largada, Dr.Phelipe e Energia Imagine saíram em luta pela vanguarda, com Little Manduro e Desejado Outplay próximos, além de Energia Gstaad e Em Cima do Laço mais afastados. Na reta oposta, Energia Imagine domina a situação e os demais competidores passam a se alternar nas posições subsequentes. Já na entrada do tiro direto, Energia Imagine, Little Manduro e Energia Gstaad abriram um pouco, deixando o caminho livre para atropelada vitoriosa de Desejado Outplay por dentro. Energia Imagine, de boa atuação, formou a dobradinha do Stud Parente Sobral, com Little Manduro e Energia Gstaad mais afastados a seguir.

 

Na milha do Grande Prêmio Pedro e Gilson Allain Teixeira, após o forfait declarado de Disco Flyer, em trabalhos de alinhamento acidentados, foram retirados Fernando e Cavalo Marinho. Com o páreo infelizmente reduzido a três animais, o que se viu foi um emocionante mano-a-mano entre o campeão Capanegra e Regal Ares, prevalecendo a ordem.

 

Já no páreo de velocidade do Festival, Grande Prêmio Romeu Medeiros, First Champion mostrou valentia e após brigar o percurso inteiro, ainda resistiu bem aos ataques de Super Academy e Kamal.

 

Nas demais provas: vitória tranquila de Auspicioso Thunder na abertura da jornada; na segunda carreira, Quality State (ARG) mostrou um grande coração ao aparar o arremate de In The Money; no terceiro número da tarde, Handler atropelou para cima de Ribaud Champion; na quarta corrida, em homenagem à criação nordestina, Honestina mostrou qualidades ao resistir à favorita Imina, com Haja Vista próxima em terceito; no quinto páreo, um vareio de Mestre Alemão, que agora deve ir aos clássico enfrentar First Champion e companhia; na sexta prova, Laver voltou a correr o que sabe e derrotou o favorito Emperor Rush; e na Prova Preparatória da Escola de Jóqueis, vitória de bandeira a bandeira de Guerreira, com direito a joqueada do garoto João Victor.

 

O que se viu foi um público alegre e numeroso, e um trabalho intenso da Diretoria do Jockey Club de Pernambuco, coroado de pleno êxito, no sentido de promover uma festa à altura da grandiosidade do evento.

 

Fábio Câmara



« VOLTAR



Veja Também

Leia Mais [11/11/2018 12:09:29]
Halston, um gigante no Derby Paulista!!!
Leia Mais [11/11/2018 12:08:53]
Destaque da semana - reuniões de 10 e 11 de novembro de 2018
Leia Mais [11/11/2018 12:08:16]
Deu Northern Town na PE Assembléia Legislativa
Leia Mais [11/11/2018 11:40:00]
Ouro da Serra brilha no "Governador do Estado"
Leia Mais [11/11/2018 11:39:20]
Show de Consul American no "Proclamação da República"